14
Maio
14
Maio
Nada do que eu já fiz me agrada. E o que eu fiz com amor, estraçalhou-se. Nem amar eu sabia, nem amar eu sabia.
Clarice Lispector.  (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
E pra não chorar eu trato mal.
Tati Bernardi.   (via arquidiocese)

(via arquidiocese)

9
Maio
E continuo. Apesar da saudade. Apesar de me sentir pela metade. Continuo porque é o que resta. Aprendi que se a gente não levar a vida ela nos leva de qualquer jeito.
Caio Fernando Abreu. (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
Um dia em que você quer um colo, mais nada. Porque de vez em quando tudo que a gente precisa é isso, se cercar de carinho e nada mais. Sem palavras, só presença física.
Clarissa Corrêa. (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
É bizarra a forma metafórica do amor. Sua presença causa alegrias e largos sorrisos, porém a sua ausência transborda tristeza e faz o caos nascer no coração.
A Escritora de Bar.   (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da chuva incessante, desistindo de um projeto antes de iniciá-lo, não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe. Morre muita gente lentamente, e esta é a morte mais ingrata e traiçoeira, pois quando ela se aproxima de verdade, aí já estamos muito destreinados para percorrer o pouco tempo restante. Que amanhã, portanto, demore muito para ser o nosso dia. Já que não podemos evitar um final repentino, que ao menos evitemos a morte em suaves prestações, lembrando sempre que estar vivo exige um esforço bem maior do que simplesmente respirar.
Martha Medeiros.  (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
Não era um mundo para os apaixonados, nunca seria.
Velho Bukowski.  (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
Porque a força de dentro é maior. Maior que todo mal que existe no mundo. Maior que todos os ventos contrários. É maior porque é do bem. E nisso sim, acredito até o fim.
Caio Fernando Abreu.    (via acrescentada)

(via acrescentada)

9
Maio
Ria pra mim, ria de mim, ria comigo. Das minhas piadas, do meu jeito, dos meus defeitos. Ria do que quiser, mas sempre me dê um sorriso.
— Querido John.  (via ditografada)

(via ditografada)

Página 9 de 1757 « 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 »